fbpx
 

Sinopse

 

Decorria o ano 1999 quando, a lápis, num caderno escolar, Rodrigo C. Pereira começou a escrever os contos que compõem esta obra. Fê-lo, à época, sem qualquer pretensão de publicá-los, algo que veio a acontecer por influência de um grupo de estudantes de Letras e Filosofia.
Em As Portas Fugazes, o autor aborda as questões existenciais que nos acompanham enquanto seres humanos e questiona filosoficamente as situações inerentes à vida. Prefácio de Frederico Oliveira de Araújo. Posfácio de Rafael Campos Quevedo.

 
 

As Portas Fugazes

de Rodrigo C. Pereira

 

Sobre a In-Quatro

Chancela da Luz da Razão Editora orientada para a literatura contemporânea de alta qualidade, na qual está patente a preocupação com a condição humana.
Se tivéssemos de escolher uma palavra para resumir a proposta editorial da In-Quatro, essa palavra seria resistência. Não sob a vertente política, mas como artefacto corpulento, cujas bases se fixam numa nascente de expressões literariamente relevantes da nossa época.